Aquivos por Autor: admin

T.I.P.I. – 4 pontos fundamentais para a comunicação digital na Restauração

facebook instagram restaurante
É impensável nos dias de hoje um negócio da restauração não estar presente nas redes sociais.
Estando praticamente todos os restaurantes, cafetarias, padarias e afins no Facebook, Instagram e outras redes, a realidade mostra-nos que poucos são os que conseguem bons resultados. Como bons resultados, leia-se angariar clientes para o seu negócio de restauração.

São vários os factores que fazem dos negócios de restauração os que mais tem a ganhar com a presença nas redes sociais:

  • O produto que vende tem um consumo regular.
  • O serviço, sendo bom, gera boca a boca.
  • As pessoas adoram partilhar fotos de comida.

Então porque é que muitos não conseguem obter bons resultados?
Maioritariamente é porque acontecem falhas em alguns, ou em todos, pontos fundamentais da comunicação para a restauração.

Os pontos fundamentais para a comunicação digital na restauração são:

T. – Timming
Existem horários em que os utilizadores estão mais ligados nas redes e horários em que têm maior probabilidade de interagirem com as suas publicações.
Os melhores horários nas redes sociais vão das 12h às 22h. no entanto no horário nocturno verifica-se uma maior taxa de interacção.
Sendo esse o horário em que muitos dos negócios de restauração estão a trabalhar,  é normal que não possam fazer publicações nas redes sociais. É aqui que entra o agendamento automático. Seja o agendamento nativo do Facebook ou de feramentas externas como é o buffer ou o hootsuite.

I. – Imagem
As fotografias de comida estão no top de fotos com maior taxa de interacção em conjunto com as fotos de bebés e gatinhos fofos.
A aposta em imagem de qualidade é fundamental para mostrar todo o encanto do seu produto e abrir o apetite ao utilizador que está do outro lado do ecrã.
Caso não tenha a possibilidade de contratar um serviço de fotografia, aposte num bom smartphone e tenha em atenção a escolha de cenário e iluminação do mesmo.

P. – Promoção
Pensar que publicar umas fotos boas nas redes sociais é suficiente para chegar aos fãs e um erro crasso. A era das redes sociais “grátis ” acabou. Terá de ter orçamento preparado para fazer anúncios em Facebook ou anúncios em Instagram. Se essa é o lado mau. Existe o lado bom da publicidade em redes sociais e é realmente muito bom. 
Pequenos orçamentos são suficientes para negócios na área da restauração. O poder de segmentação das redes sociais é enorme e com um pequeno orçamento conseguirá facilmente atingir os clientes que pretende.

I. – Interacção
Ter sucesso nas redes sociais não é atingir muitas pessoas. Sucesso é atingir as pessoas certas e de forma recorrente. Para que isso aconteça terá de conseguir que os fãs do seu negócio falem consigo nas redes sociais.
Esta tarefa não é fácil! E não acaba aqui!
Depois de conseguir que eles falem consigo, terá de responder e alimentar a conversa para que desta forma aumenta a sua taxa de interacção. A consequência desse aumento é consegui atingir ainda mais clientes de forma orgânica (leia-se gratuita).

Estes são alguns dos pontos que considero fundamentais para conseguir obter bons resultados nas redes sociais. Existem outros que também são relevantes e existirá sempre margem para melhorias. Mas estas só devem ser pensadas após ter este 4 pontos devidamente afinados.

Tem alguma dúvida sobre a comunicação digital para os negócios da restauração?
Envie-me um e-mail »

Como 1 simples caracter lhe pode dar tanta informação de um concorrente

trafego-site-concorrência
Quantas foram as vezes em que pensou em como seria bom saber qual a quantidade e a origem do tráfego de um concorrente ou de uma empresa que admira?

Não é dado que eu considere fundamental para seguir numa estratégia de criação de conteúdo. Mas podemos obter informação que ajudará a perceber qual o caminho que está ser traçado pela concorrência.
Com essa informação em nosso poder, temos 2 caminhos que podemos percorrer.
O 1º é tentar “combater” a concorrência, criando conteúdos para públicos alvo semelhantes. O 2º caminho é o de apostar em conteúdos e públicos-alvo que os concorrentes não estejam a usar.

Como não temos acesso aos dados da Google (seja o Analytis, Search Console ou Adwords) e os dados que o Similar Web ou Ubersuggest podem ser limitados, temos uma pequena dica que nos pode ajudar a conhecer melhor o tráfego dos concorrentes.

Como 1 caracter nos vai ajudar a conhecer o tráfego dos concorrentes?
Para poder usar esta técnica o seu concorrente terá de estar a usar o serviço Bit.ly . É um dos maiores encurtadores de url’s, muito usado nas redes sociais.Partindo dessa premissa, podemos ter acesso aos dados estatísticos desse link.
Se não estivermos com login feito na nossa conta bit.ly, temos apenas acesso ao número de visitas e ao horário das mesmas. Com o login feito no serviço do Bit.ly (basta uma conta gratuita) podemos saber também a localização geográfica e as plataformas que geraram tráfego para o link em questão.

Qual é o caracter que nos dá esta informação preciosa?
O “+” é o caracter “mágico”.  Adicionando um “+” ao link bit.ly tem imediatamente acesso a essa informação.

Exemplo de uso desta técnica
Para demonstração estou a usar um link que encontrei na página de Facebook da Sanitana.
Numa das últimas publicações, usaram na descrição o link https://bitly.com/sanitana-MovelHarapan para que os fãs tivessem acesso a mais informação sobre um móvel de casa de banho. Cliquem no link para verem o conteúdo que vos é apresentado.
No entanto se usarem o “+” no final do link, https://bitly.com/sanitana-MovelHarapan+ terão acesso à estatísticas de tráfego gerado para essa página web.

O Instagram modificou API e permite publicações agendadas

agendar publicações instagram

O Instagram anunciou no seu blog oficial que o seu API passou a dar suporte ao agendamento de publicações. É importante ler as informações disponibilizadas pelo Instagram na fonte oficial, em vez de ler notícias que rapidamente se espalham e que dizem meias verdades. O Agendamento de publicações esta disponível na API do Instagram. Isso não é sinónimo de que vai encontrar o agendamento de publicações no Instagram. O agendamento está disponível para ferramentas externas que podem usar as novas funcionalidades do Instagram para o fornecer aos seus utilizadores.

Esta era um dos principais pedidos da comunidades de gestores de conteúdos nesta rede social. Uma das primeiras ferramentas a ser atualizada e a dar suporte à nova funcionalidade foi o Hootsuite.  Na versão gratuita o Hootsuite permite gerir até 3 redes sociais.
O agendamento de publicações em redes socais é um factor positivo para as agências de marketing digital e empresas que tenham poucos recursos. Desta forma podem organizar melhor o seu dia-a-dia nas redes sociais e garantir que não existirão dias sem publicações, ou publicações fora da melhor hora para publicar na rede social.
O agendamento de publicações previne também a falha nas publicações durante períodos de férias, doenças, fins de semana, etc…

Esse é o lado positivo do agendamento. Mas como sempre, deveremos olhar para os 2 lados da questão e não nos deixarmos encantar pelo brilho aparente de um dos lados.

A verdade e que o agendamento de publicações nas redes sociais também trás uma menor interacção. Isto acontece maioritariamente por 2 motivos:
– Falha na resposta.
Sendo as publicações agendadas, no caso de termos uma publicação de grande sucesso, ou de criação de uma crise de comunicação, a possibilidade de demorarmos a responder é grande. O agendamento de publicações apenas garante o nosso lado da conversa. Se estamos numa rede social, deveremos “lutar” para socializar e criar conversas. Se sai uma publicação nossa, até conseguimos resposta e depois não damos continuidade à conversa, estamos a desperdiçar a principal mais valia do canal orgânico.
– Falha na adequação das publicações aos temas do momento.
Com o agendamento, especialmente se este for executado a muito longo prazo, deixamos de estar ligados ao momento. E, especialmente o Instagram, é uma rede do momento e dos momentos. Os fãs da marca no instagram querem saber em primeira mão o que se passa na marca. Querem saber o que é único. Querem conhecer o backstage. Querem o directo. E ai o agendamento falha.

É certo que já vimos este filme noutras redes sociais, e assim não é preciso ser um bruxo de Fafe para adivinhar que em breve muitas empresas se vão queixar da quebra de alcance orgânico no Instagram.
“Get a Life!”